Brasileira encontrada com cocaína em Maputo condenada a 17 anos de prisão


MAPUTO - A Sétima Secção do Tribunal Judicial da Cidade de Maputo condenou, esta quinta-feira (27), a 17 anos de prisão a cidadã brasileira Ariane Monteiro Aragão, por tráfico de drogas.
Segundo o tribunal, a ré depois de cumprir a pena deverá ser expulsa do país.


Ariane Monteiro Aragão, solteira, 24 anos, natural de Belém, no Brasil, foi detida no dia 26 de Junho de 2019 no Aeroporto Internacional de Maputo, na posse de 5,4 quilogramas de cocaína, em Maputo, quando acabava de desembarcar do voo ET819, proveniente de Addis-Abeba, seguindo a rota Brasíl-Addis-Abeba-Maputo.


A leitura da sentença de Aragão segue-se à condenação no passado dia 20, pelo mesmo tribunal, do cidadão norte-americano Rodney Willord Baldus, a uma pena de 18 anos de prisão por posse e tráfico de droga.


Publicar um comentário

0 Comentários