MARIANO NHONGO AMEAÇA VOLTAR AS ARMAS E MOSTRA-SE DISPONÍVEL AO DIALOGO EM SIMUNTÂNEO


O Conselho Cristão de Moçambique mostrou estar disponível para mediar crise interna na Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), onde grupo de dissidentes exige a renúncia do presidente do partido, ameaçando voltar às armas.
Diante estas informações, o general Mariano Nhongo, diz que aceita negociar caso seja divulgado o conteúdo da carta que enviou ao Governo. Sem mencionar o local exato Nhongo diz que continua escondido nas matas de Gorongosa.
A autoproclamada Junta Militar, liderada por Mariano Nhongo, não reconhece a liderança da Renamo e não se revê no presidente Ossufo Momade.

Publicar um comentário

0 Comentários