MÉDICO MOÇAMBICANO COM COVID-19



Um médico moçambicano que vive e trabalha na Espanha, acusou positivo no teste do novo coronavírus naquele país europeu.

Armindo Tiago, Ministro da Saúde, avançou com esta informação há minutos, no aeroporto de Pemba. Ele indicou que através da representação diplomática, o país vai acompanhar a evolução da situação do médico.
A informação foi revelada num dia em que o país acordou em sobressalto, por via de uma notícia atribuída a um jornal baseado em Maputo que dava conta de cinquenta casos que teriam dado positivo, no teste de covid-19. Armindo Tiago desmentiu a existência de casos do novo coronavírus no país.
O esclarecimento surge um dia depois do anúncio pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, do reforço das medidas de prevenção.

Recorde-se que desse conjunto de medidas, o Presidente anunciou que
a partir do próximo dia 23 de Março, todos os estabelecimentos de ensino públicos e privados, entre eles universidades e escolas estarão encerrados por um período de 30 dias;
Está suspensa a emissão de vistos para estrangeiros e cancelados todos já emitidos;
A quarentena passa agora a ser obrigatória para todos os viajantes que entrarem no território nacional;
A partir de segunda-feira todos os eventos ou reuniões não podem concentrar no mesmo espaço mais do que 50 pessoas.


Publicar um comentário

0 Comentários