SOBE PARA CINCO O NÚMERO DE CASOS DE CORONAVÍRUS EM MOÇAMBIQUE



A informação foi dada há pouco pelo Ministro da Saúde, Armindo Tiago. Os dois casos foram testados em laboratórios de Portugal. Esses novos pacientes estão em isolamento domiciliar.
Dos 5 casos registados, 4 são casos “importados” e apenas um de transmissão local.

De 10 casos testados nas últimas 24 horas na Província de Maputo, no Instituto Nacional de Saúde, todos deram negativo. O Ministério da Saúde fez uma avaliação sobre o setor privado e reconhece que dois laboratórios podem fazer testagem usando os métodos recomendados pela Organização Mundial da Saúde.
Foram rastreadas até hoje mais de 377 mil pessoas provenientes de vários países. Desde o início do processo do rastreio Moçambique teve cerca de 1600 pessoas em quarentena, estando neste momento 663 neste processo.

Armindo Tiago disse ainda que foi nomeada uma comissão técnico-científica, que já fez uma reunião e já fez algumas recomendações para que o governo considere.
O Ministro ainda reforça sobre a necessidade de prevenção para evitar a proliferação do vírus.
Antes do comunicado, para servir de exemplo à população, o Ministro pediu para que os jornalistas se organizassem de forma a ter menos pessoas no ambiente da conferência de imprensa.


Publicar um comentário

0 Comentários