China acusa EUA de "mentiras descaradas" após Trump falar em indemnização

Presidente dos Estados Unidos admitiu a possibilidade de reivindicar uma indemnização à China pelos danos causados pelo novo coronavírus


A China acusou esta terça-feira os Estados Unidos de "mentiras descaradas", após o Presidente norte-americano, Donald Trump, ter admitido a possibilidade de reivindicar uma indemnização a Pequim pelos danos causados pela pandemia do coronavírus.

Os políticos dos EUA ignoraram repetidamente a verdade e proferiram mentiras descaradas", disse o porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Geng Shuang, em conferência de imprensa, após ser questionado sobre as declarações de Trump.

Eles têm apenas um objetivo: isentarem-se de qualquer responsabilidade pela forma como geriram a epidemia e desviar a atenção", acrescentou.

Trump referiu, na segunda-feira, a possibilidade de pedir a Pequim o pagamento de milhares de milhões de dólares em compensação pelos danos causados pelo novo coronavírus.

Estamos descontentes com a China", afirmou, em conferência de imprensa. A doença "poderia ter sido parada na fonte e não se ter espalhado pelo mundo", justificou.

Existem várias maneiras de responsabilizá-los, estamos a conduzir uma investigação muito séria" sobre esse assunto, acrescentou.

Publicar um comentário

0 Comentários