Top 10 homens mais ricos do mundo em 2020



A lista dos homens mais ricos do mundo é compilada e divulgada anualmente  pela revista de negócios e economia Forbes, e os bens avaliados são casas, terras, empresas, veículos, obras de arte, preços das ações, taxas de câmbios e muito mais. O patrimônio é estimado em dólares americanos. Entretanto, ficam de fora dessa lista ditadores e famílias reais, que tem seus bens adquiridos pelo fato de suas posições. Conheça um pouco desses homens e seus negócios bilionários em mais esse ranking anual de recordes na elevação de suas fortunas.

Homens mais ricos do mundo


10 Steve Ballmer – US$ 52,7 bilhões




Steve Ballmer
Steve Ballmer (foto:EricGarcetti/wikimedia)

Steve Ballmer foi contratado pela Microsoft em 1980, em 1998 foi promovido a presidente e dois anos depois, substituiu Bil Gates como o novo CEO da corporação. Ele ocupou esse cargo até 2014, ano em que comprou o time de basquete da NBA Los Angeles Clippers, por 2 bilhões de dólares.

9 Rob Walton – US$ 54,1 bilhões




Homens mais ricos do mundo Rob Walton
Rob Walton (foto:GageSkidmore/wikimedia)

Desde a morte de Sam Walton em 1992, o filho mais velho do fundador da Walmart Rob Walton, assumiu a presidência da multinacional até 2015, passando o cargo da maior varejista do mundo para o seu genro. No Brasil, houve uma mudança de nome, passando a ser chamada de Grupo Big, depois que 80% das operações no Brasil, foram adquiridas pela gerenciadora de investimentos Advent International.

8 Jim Walton – US$ 54,6 bilhões




Jim Walton
Jim Walton (foto:rickt.wilking/gettyimages)

Jim Walton é o filho mais novo de Sam Walton, empresário que fundou a Walmart em 1962. Hoje esta multinacional é a maior empregadora privada do mundo, com mais de 2,2 milhões de colaboradores. Cerca de metade das ações da Walmart estão nas mãos dos herdeiros de Sam, mas Jim é o mais rico da família por possuir uma boa parte das ações do Arvest Bank.

7 Mark Zuckerberg – US$ 54,7 bilhões



Top 10 homens mais ricos do mundo - Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg (foto: Presidência do México via wikimedia.org)

Mark Elliot Zuckerberg é um jovem programador e empreendedor que ficou conhecido internacionalmente como um dos fundadores do Facebook, que se tornou a maior rede social do mundo. Em dezembro de 2015 ele prometeu que doaria 99% de suas ações ao longo da vida, cerca de 45 bilhões de dólares na época, para a Inciativa Zuckerberg Chan, um fundo próprio de caridade. Mas ele continuará sendo o dono dessas ações doadas. Com os casos de compartilhamento de dados dos usuários, notícias falsas e outros abusos, as ações da empresa despencaram muito, fazendo ele cair da quinta para a oitava posição em 2019, mas em 2020 subiu uma posição.

6 Amancio Ortega – US$ 55,1 bilhões




Top 10 homens mais ricos do mundo - Amancio Ortega
Amancio Ortega (foto: celebfamily.com)

Amancio Ortega Gaona é um empresário espanhol, maior varejista do mundo e um dos mais ricos da Europa. É o presidente e fundador da Inditex, um conglomerado de centenas de empresas espanholas que atuam no design, fabricação e distribuição de produtos têxteis, sendo o maior grupo de confecção de roupas do mundo.

5 Larry Ellison – US$ 59 bilhões




Top 10 homens mais ricos do mundo - Larry Ellison
Larry Ellison (foto: Comunicações corporativas da Oracle via wikimedia.org)

Larry Joseph Ellison é um empresário norte-americano co-fundador, presidente e diretor de tecnologia da Oracle Corporation, uma multinacional de tecnologia e informática especializada em desenvolver e comercializar hardware, software e banco de dados. A Oracle é a segunda maior empresa de software do mundo atrás da Microsoft.


4 Warren Buffett – US$ 67,5 bilhões




Top 10 homens mais ricos do mundo - Warren Buffett
Warren Buffett (foto: Mark Hirschey via wikimedia.org)

Warren Edward Buffett é um empresário natural dos Estados Unidos. Investidor e filantropo, é o principal acionista, presidente do conselho e diretor executivo da Berkshire Hathaway, uma empresa que gere e supervisiona um conjunto de empresas subsidiárias desde ferrovias até serviços públicos de gás e energia elétrica. Buffet é considerado o mais bem sucedido investidor do século XX, e já foi o mais rico do mundo em 2008. Ele já doou uma boa parte de sua fortuna para instituições de caridade, principalmente para a de seus amigos, a Fundação Bill & Melinda Gates.

→ Veja Também as 10 mulheres mais ricas do mundo

3 Bernard Anault – US$ 71 bilhões




Top 10 homens mais ricos do mundo - Bernard Arnault
Bernard Arnault (foto: Nicogenin via wikimedia.org)

Bernard Anault é um empresário francês, presidente e diretor executivo da LVMH, a maior empresa de artigos de luxo do mundo com mais de 70 marcas. A melhor colocação que esse bilionário já alcançou na lista dos homens mais ricos do mundo, foi a quarta posição em 2012 com 41 bilhões de dólares.

→ Veja Também as 10 famílias mais ricas do mundo

2 Bill Gates – US$ 98 bilhões




Top 10 homens mais ricos do mundo - Bill gates
Bill Gates (foto: Dts news via wikimedia.org)

William Henry Gates III é natural dos Estados Unidos e é conhecido mundialmente por ser um dos fundadores da Microsoft, a maior e mais conhecida empresa de software do mundo em termos de valor de mercado. Atualmente ele tem cerca de 1% da Microsoft, pois vendeu e doou grande parte das ações da empresa, mas continua sendo membro do conselho. Ele já ocupou o primeiro lugar na lista dos homens mais ricos do mundo de 1995 a 2007, 2009 e 2013 a 2017. O patrimônio líquido avaliado do bilionário segundo a Forbes, é de US$ 98 bilhões.

→ Veja Também os 10 homens mais ricos do Brasil

1 Jeff Bezos – US$ 113 bilhões




Quem é o homem mais rico do mundo - Jeff Bezos
Jeff Bezos (foto: Steve Jurvetson via wikimedia.org)

O primeiro da lista dos homens mais ricos do mundo pela terceira vez consecutiva é Jeffrey Preston Jorgensen, conhecido como Jeff Bezos. Ele nasceu nos Estados Unidos e é o fundador, presidente e CEO da Amazon.com, empresa de comércio eletrônico fundada em uma garagem em 1994 e que foi uma das primeiras companhias com alguma relevância a vender produtos na internet, que agora vende quase tudo que um consumidor possa querer. O multimilionário também foi o primeiro a atingir os US$ 100 bilhões como o número 1 na lista da Forbes.

Publicar um comentário

0 Comentários